tr_DCS1500

Novo emissário que passa pelo condomínio Lagos de Shanadú está quase concluído

  • Redatores: Marco Matos – DCS Saae
  • Release N.º: 1095
tr_DCS1498admin | SAAE | Indaiatuba -SP

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) está em fase final do novo emissário que passa pelo Condomínio Lagos de Shanadú e será interligado no interceptor de esgotos localizado na sub bacia do córrego do Buruzinho.

A obra que dará mais eficiência ao afastamento dos efluentes da região, permitiu a desativação duas Estações Elevatórias, sendo uma dentro do próprio condomínio e outra no Jardim dos Colibris, e já proporcionou economia de energia elétrica com essas desativações.

Em breve será lançado o Plano Comunitário de Melhorias (PCM) para abastecimento de água e coleta de esgotos para os moradores do Condomínio.

A obra utilizou 850 metros de tubulação de 300 mm de diâmetro e 1780 metros de tubulação de 450 mm de diâmetro numa extensão de 2.550 metros que será direcionado para a Estação de Tratamento de Esgotos Mario Araldo Candello, no Distrito Industrial Vitória R. Martini.

EMISSÁRIO

Rede Coletora principal de esgotos que recebe outras redes de menor diâmetro ou igual e as encaminham a um ponto final de despejo ou de tratamento.

INTERCEPTOR

O interceptor é uma canalização, que integra um sistema de esgotamento sanitário que recolhe contribuições de uma série de coletores primários (rede coletora) diretamente ao longo do seu comprimento, não recebendo ligações prediais diretas, conduzindo os esgotos até uma estação de tratamento de tratamento de esgotos de modo a evitar que desaguem em uma área a proteger, por exemplo, uma praia, um lago, um rio.

ESTAÇÃO ELEVATÓRIA

As estações elevatórias de esgoto existem para bombear resíduos das tubulações, por meio de recalque até os pontos de lançamento por gravidade, em muitas situações são necessárias por estarem em áreas de mananciais, para impedir sua contaminação, além de direcionar o curso do esgoto.

_DCS1498
_DCS1499
_DCS1500