essa_DCS4394_p

Cápsula do Tempo que faz parte de documentário sobre Indaiatuba é enterrada no Parque do Mirim

  • Redatores: Marco Matos – DCS Saae
  • Release N.º: 1185
essa_DCS4394_padmin | SAAE | Indaiatuba -SP

Nesta quarta-feira, 31, uma cápsula do tempo que faz parte do documentário “Terras de Indaiá III –  Indaiatuba Hoje e Sempre”, idealizado pela C2 Produções foi enterrada próximo ao mirante localizado no Parque do Mirim.

Na cápsula do tempo foram guardadas fotografias, vídeos, cartas, poemas e mensagens de artistas, formadores de opinião e personalidades da cidade.

A cerimônia contou com a presença prefeito Nilson Gaspar, do superintendente do Saae Sandro Lopes Coral, dos vereadores Luiz Alberto Pereira, Arthur Spindola e Alexandre Peres, do idealizador do documentário Alessandro Barros, da C2 Produções, que convidou pessoas que participaram de alguma forma do documentário para contribuírem com material para ser colocado na capsula, as crianças Sofia e Sibele representaram a associação beneficente ABID, os fotógrafos da cidade Sacha Ueda, Antônio da Cunha Penna e Eliandro Figueira, os artistas Waldemar Fosco e Thelma Fulanetti, o músico Sr. Hanspeter Reimann e o Maestro Paulo de Paula, jornais e revistas da cidade também foram colocados e por último cartões de visita de alguns convidados completaram a cápsula, que deve ser aberta daqui a 30 anos, no dia 21/11/2048.

A cápsula foi manufaturada com a tecnologia de impressão e 3D, pelo Centro Universitário Max Planck – UniMax, representado pela professora Elena Furlan da França.

DOCUMENTÁRIO “TERRAS DE INDAIÁ III –  INDAIATUBA HOJE E SEMPRE”

Depois dos dois primeiros documentários: “Terras de Indaiá – Indaiatuba Como Você Nunca Viu” Realizado em 2006 e “Terras de Indaiá – Terra Querida e Venturosa – A História do Hino de Indaiatuba” realizado em 2010, a C2 Filmes encerra a trilogia com o documentário “Terras de Indaiá III – Indaiatuba Hoje e Sempre”.

Diferente dos dois primeiros documentários, onde se contou a história passada e recente, este último tem como objetivo ser um registro histórico da cidade.

CÁPSULA DO TEMPO

Uma Cápsula do tempo é um recipiente especialmente preparado para armazenar objetos ou informações com o objetivo que eles possam ser encontrados pelas gerações futuras.

Em 2013 foi enterrada uma outra cápsula do tempo, no início da obra da Barragem do Mirim, próximo a captação. Agora ela foi relocada para próximo ao mirante e está prevista para ser aberta em 2063.

essa_DCS4394
IMG-20181122-WA0030
Essa MG-20181122-WA0033
_DCS4435