DSC_1307

Saae adquire Geofones Eletrônicos para detectar vazamentos com maior precisão

  • Redatores: Rose Parra- DCS Saae
  • Release N.º: 1313
DSC_1307admin | SAAE | Indaiatuba -SP

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) recebeu nessa segunda-feira (27), dois Geofones eletrônicos digitais que permitem detectar vazamentos com maior precisão. Os aparelhos foram entregues pela empresa LWS – Equipamentos para Saneamento, ao diretor de Obras do Saae, Engenheiro Avildo José da Silva A equipe da LWS representada pela equipe técnica e comercial, Engenheiro Aparecido Teixeira, Jair Santiles e Hariana Silvestre, que ministraram um workshop de cerca de três horas de manuseio do Geofone por se tratar de uma tecnologia superior que estava sendo utilizada pela Equipe de Perdas e necessita de algumas adaptações.

A diferença do Geofone digital é que durante a pesquisa de vazamento, permite que se ouça o ruído com clareza e por meio dos gráficos terem acesso visual do pico do ruído no local exato. Com essa tecnologia será possível capturar ruídos provocados pelos vazamentos de água utilizando uma faixa de frequência bastante ampla.

Além de verificar os vazamentos por meio do Centro de Controle da Operação (CCO), do Saae, os funcionários podem também detectar os ruídos durante os trajetos de fiscalização, onde há suspeita de vazamentos.

Outro diferencial é a existência de proteção auricular desse modelo de geofone, caso o som seja acima de 100 decibéis ele corta o ruído, automaticamente para não danificar o operador.

O Geofone eletrônico tem transmissão digital, com filtro digital e sensor com capacidade de capturar ruídos provocados pelos vazamentos utilizando uma faixa de frequência mais ampla, em relação aos anteriores. O modelo DXMIC possui display touch screen e melhor nível de qualidade sonora.

Para o superintende do Saae, engenheiro Sandro Coral, a pesquisa de vazamentos é uma ação contínua e como isso, podemos garantir a eficácia da pesquisa de vazamentos não visíveis, o que possibilita o reparo com maior rapidez e eficiência. “Essa é apenas uma das ferramentas usadas pela equipe de combate às perdas na rede de distribuição no Programa de Combate às Perdas”, afirma o superintendente.

PROGRAMA DE COMBATE ÀS PERDAS

O Programa de Combate às Perdas tem o objetivo de melhorar a eficiência do sistema de abastecimento e diminuir o desperdício de água tratada, visando minimizar os problemas com a escassez hídrica, aumentando a vida útil dos mananciais com a redução do volume de água a ser captada e tratada.

Para colocar em pratica as ações do Programa, foi formado o Grupo Gestor de Combate às Perdas de Água (GGCP), composto por uma equipe multidisciplinar de vários departamentos, dentre eles, Planejamento, Obras, Projetos, Informática, Hidrometria e Fiscalização, Tratamento e Manutenção e Comunicação, sob a gerência do Centro de Controle de Operações (CCO), vinculado aos departamentos de Tratamento e Manutenção e de Obras.

DSC_1307
DSC_1283
4b46db39-79f9-416a-88eb-47288fe5d72c
DSC_1305